cursos tecnológicos

Cursos Tecnológicos a Distância e o Mercado de Trabalho

Benefícios como estudar sem sair de casa, ter flexibilidade de horários e uma grande oferta de cursos mesmo morando em cidades pequenas são bem conhecidos por quem procura cursos tecnológicos ou de graduação a distância. 

Essas são algumas das vantagens que fazem com que o EaD tenha no Brasil um crescimento significativo: entre 2007 e 2017, as matrículas de graduação a distância aumentaram 375,2%, enquanto na modalidade presencial o crescimento foi de 33,8%. Nos cursos tecnológicos, mais de 46% das matrículas já são de educação a distância. Se você se interessa por esse tipo de formação, descubra mais detalhes sobre os cursos tecnológicos a distância e como eles poderão ajudar na sua trajetória no mercado de trabalho.

Como são os cursos tecnológicos a distância

Os dados sobre o crescimento dos cursos EaD, incluindo os cursos tecnológicos a distância, apresentados pelo Censo da Educação Superior de 2018, mostram que o ensino EaD é mesmo uma tendência. Mas há algumas dúvidas que pairam sobre quem cogita matricular-se nessa modalidade de ensino: como os cursos EaD são vistos pelo mercado de trabalho? Será que a aceitação é boa? O que é preciso observar na hora de escolher uma formação dessas para, mais tarde, conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho?

Lendo este conteúdo você ficará sabendo mais sobre como os cursos tecnológicos a distância são vistos pelo mercado de trabalho. Para começar, vamos falar sobre as características desses cursos. Além de cursos de graduação e pós-graduação, o ensino a distância também permite a formação em cursos tecnológicos. 

A característica principal desses cursos é que eles são mais curtos que uma graduação “regular”. Assim, os cursos tecnológicos a distância têm, em média, dois ou três anos de duração. Apesar de mais curtos, eles são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) como cursos de ensino superior.

O curso tecnológico, aliás, não perde em nada para um curso de bacharelado, por exemplo. A diferença são os objetivos dos conteúdos oferecidos e, consequentemente, o foco de quem optar por esse tipo de graduação. 

Esse tipo de formação é mais voltada para o mercado de trabalho. Por isso, os cursos tecnológicos buscam atender às exigências de mão de obra qualificada. Eles são especialmente recomendados para quem já atua em uma determinada área mas deseja se aprofundar mais nela. Assim, o conhecimento da prática é agregado ao diploma, que se torna um diferencial.

Na hora de optar por um curso tecnológico, você tem diversas áreas de formação à sua disposição. Esse tipo de formação está disponível desde o campo da saúde até a área dos negócios, passando por informação, comunicação, produção, segurança e muitas outras. Como não poderia deixar de ser, com o desenvolvimento da tecnologia que, atualmente, perpassa todas as áreas do conhecimento, esse tipo de curso tem sido oferecido também na modalidade a distância.

cursos tecnológicos

Como é a aceitação de cursos tecnológicos a distância pelo mercado de trabalho

Mesmo com as vantagens oferecidas pelos cursos a distância, ainda há quem fique receoso por acreditar que a modalidade não é tão aceita pelo mercado de trabalho. Mas não deveria ser assim. Esse preconceito, inclusive, acaba muitas vezes partindo dos próprios alunos. Nos últimos anos, no entanto, muitos fatores têm contribuído para a aceitação dos cursos a distância pelo mercado. 

Confira algumas das principais razões que fazem os cursos a distância, inclusive os cursos tecnológicos a distância, serem bem vistos pelo mercado:

1. Credenciamento e indicadores

Com a popularização do EaD, os órgãos do governo, como o Ministério da Educação (MEC), têm aumentado as exigências relacionadas a esse tipo de formação. Para garantir a qualidade dos cursos tecnológicos a distância, o MEC atua fiscalizando esse tipo de curso da mesma maneira que faz com o ensino presencial. 

Um exemplo desse controle feito pelo Ministério da Educação é que para um diploma de EaD ser válido no Brasil é preciso que o curso esteja credenciado no MEC. Para descobrir se o curso de seu interesse faz parte dessa lista, basta verificar esse credenciamento no site eMEC.

Aproveite essa consulta para verificar outros dados relacionados ao curso que você está “namorando”. Indicadores como o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC), o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Conceito Enade são divulgados todos os anos pelo MEC, dando uma boa ideia da qualidade de cada curso. Essas informações são bastante úteis tanto para os alunos que estão pensando em fazer uma graduação quanto para as empresas que estão de olho em talentos para impulsionar os seus negócios.

2. Exigências do Ministério da Educação

Para serem válidos, cursos tecnológicos a distância também precisam cumprir uma série de exigências feitas pelo MEC para garantir a qualidade do ensino. As avaliações de quem optar por esse tipo de curso, por exemplo, precisam ser feitas presencialmente em um polo da instituição. 

Alguns cursos, que incluem aulas práticas além das aulas online, também precisam ter parte da carga horária realizada presencialmente em laboratórios específicos. Assim, o ideal é que você observe esses pontos antes de escolher o seu curso, inclusive para saber qual será a frequência da sua presença na instituição de ensino superior e o quanto da sua formação será feita integralmente de forma online.

3. Mesmo diploma

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) diz que o diploma emitido não deve mostrar a modalidade do curso realizado. Seja presencial ou a distância, o documento é idêntico e tem o mesmo valor. Ainda assim, há egressos de EaD que não veem motivos para esconder essa informação dos empregadores, reforçando a seriedade do ensino a distância em entrevistas de emprego, por exemplo.

Independentemente da modalidade, foque em ser um bom profissional

Mesmo o mercado já não tendo mais preconceito com a educação a distância, é importante você ter algo em mente: seja você um aluno de EaD ou de um curso presencial, o que vai realmente fazer a diferença para o seu futuro profissional será o seu currículo. Por isso, durante o período da faculdade, procure ir além do seu diploma e foque na melhor qualificação possível que você poderá desenvolver naquele período de aprendizado.

O mercado está aberto para profissionais qualificados, independentemente do local que eles escolheram para fazer a sua graduação. Por isso, aproveite ao máximo as aulas dos cursos tecnológicos a distância ou da sua graduação presencial. 

Aproveite toda e qualquer ocasião para tirar dúvidas sobre as disciplinas do curso com os tutores, converse com os professores e discuta com os seus colegas. Procure estágios, intercâmbios, projetos de extensão e outras atividades extracurriculares para complementar o seu aprendizado. Busque aprender também outras habilidades que possam ser úteis para o desenvolvimento da sua carreira, como um segundo idioma.

cursos tecnológicos

Mostre os conhecimentos adquiridos e específicos de um curso EaD

Embora o diploma seja o mesmo e o mercado de trabalho esteja cada vez mais aberto a egressos de EaD, é verdade que quem se forma nessa modalidade adquire algumas competências diferenciadas em relação a quem frequenta um curso presencial. 

É que quem opta por um curso EaD acaba desenvolvendo habilidades de organização e gerenciamento de tempo diferenciadas e que são cada vez mais valorizadas pelo mercado de trabalho. Essa capacitação é adquirida naturalmente pelos alunos dos cursos tecnológicos a distância, uma vez que é preciso lidar com a liberdade de assistir às aulas e fazer os exercícios quando e onde quiser, mas sem sem descuidar dos prazos estipulados.

Além de um importante senso de responsabilidade e de comprometimento, quem estuda a distância acaba desenvolvendo o domínio de ferramentas de informática e de novas tecnologias. Esse desenvolvimento será fundamental porque os cursos tecnológicos a distância têm esses recursos como a base do aprendizado. Assim, para você avançar no curso e conseguir o seu diploma, você precisará dominar essas ferramentas.

Assim, se você escolher um dos cursos tecnológicos a distância disponíveis no mercado, aproveite para destacar essas características adquiridas durante a sua formação em uma entrevista de emprego. Esses poderão ser mais alguns diferenciais em seu currículo!

Escolha bem o seu curso a distância

Por fim, mais do que a modalidade escolhida, é importante que você se lembre de avaliar a qualidade do curso antes de se matricular. É imprescindível que, além do credenciamento ao MEC que já mencionamos, o curso ofereça bons professores e tutores. Pesquise no site de cada universidade e curso o corpo docente que faz parte daquela graduação.

Recursos como aulas gravadas em vídeo e uma boa plataforma de tutoria online também devem fazer parte de um curso EaD de qualidade. Além disso, como mencionamos, o MEC exige que as avaliações sejam feitas de forma presencial. Por isso a instituição escolhida precisa levar essas exigências a sério, oferecendo um bom polo presencial para que as atividades com os alunos sejam desenvolvidas nesses locais.

Procure saber se esse polo conta com auditórios, equipamento audiovisual, computadores com boa conexão à internet, entre outros pontos relevantes para o seu aprendizado. Esses são pontos que farão a diferença no relacionamento que você vai estabelecer com os seus colegas de turma. 

Verifique, no momento de optar por um dos cursos tecnológicos a distância, se a formação escolhida prevê atividades presenciais obrigatórias, como aulas práticas, em laboratório ou estágios. Esse ponto deve receber atenção redobrada. Observe também se a instituição oferece biblioteca, seja física ou digital, porque esse será um recurso importante para pesquisas acadêmicas e para que você aprofunde ainda mais os seus estudos.

Outros diferenciais que podem ser oferecidos por uma instituição de ensino e que você deverá levar em conta para escolher o seu curso é a realização de palestras, workshops, cursos de extensão e outras atividades extracurriculares. Instituições que se preocupam com essas atividades mostram que estão comprometidas em produzir e compartilhar conhecimento. 

Para verificar tudo isso, se possível, faça uma visita ao polo de educação a distância da faculdade na qual você pretende estudar.

Esperamos ter mostrado neste post um pouco de como tem sido a aceitação dos cursos a distância pelo mercado de trabalho. 

Como você pôde ver, com o aumento da demanda por esse tipo de formação, instituições que oferecem cursos tecnológicos a distância têm buscado se diferenciar para atrair os alunos. Em paralelo, o MEC contribui para garantir a qualidade do ensino oferecido. Tudo isso garante um cenário promissor que torna o EaD cada vez mais aceito pelos empregadores!

Se você já decidiu que vai estudar a distância, avalie as opções disponíveis. Uma das maiores instituições de ensino superior do País, a Estácio, por exemplo, oferece cursos tecnológicos a distância com o incentivo de várias bolsas de estudo.

Se você está fazendo uma faculdade pela primeira vez, é possível conseguir bolsas a partir de 30% ao ingressar através das modalidades de Vestibular ou de nota do Enem. No caso de transferência externa, a bolsa de estudos pode chegar a 50%. E se você estiver buscando uma segunda graduação, a oferta da Estácio é de bolsas de até 40%.

Depois de escolher a sua faculdade e optar por um dos cursos tecnológicos a distância disponíveis, faça a sua matricula, estude muito e aproveite ao máximo tudo o que o seu curso ou graduação pode oferecer. Bons estudos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *